segunda-feira, 22 de agosto de 2011

NOVELAS: Uma novela sofisticada e popular

Por Willian Bressan


A primeira vista o título parece contraditório. Como uma novela pode ser sofisticada e ao mesmo popular? Aguinaldo Silva é mestre em criar tramas assim. Para quem vê de fora, trata-se de uma novela popular, feita para o povão, e que não agrada ao público A-B. Essa, porém, é apenas a “Fina Estampa” (não resisti ao trocadilho!) da novela das nove que acabou de estrear. A história é popular, mas a estrutura é sofisticadíssima, e os diálogos trabalhados e rápidos).
Julgar uma novela apenas por seu primeiro capítulo é julgar uma pessoa pela sua aparência. Primeiro capítulo é apenas o cartão de visita. Espera-se seduzir o telespectador e fazer com que ele volte, todos os dias, por oito meses, para acompanhar determinada história. Não se pode – nem deve – julgar uma trama apenas por seu primeiro ou último capítulo. Novela é uma obra aberta, dura 200 capítulos, e deve ser criticada de uma forma contextualizada. O que se pretende aqui, portanto, é apenas uma opinião deste colunista do que foi apresentado no primeiro dia da história que questiona se vale mais a pena ser caráter e decente ou ter boa aparência.

O capítulo iniciou com imagens de um Rio de Janeiro ensolarado e quente e já deu pra notar que “Fina Estampa” é a novela do verão. Mais do que isso, uma novela tipicamente carioca. Edição ágil, jovem e muito dinâmica.
“Fina Estampa” começou como as boas novelas dos anos 80 e 90: simples, mostrando o cotidiano dos personagens, sem a pirotecnia – como sequestro de avião – que se tornou habitual nos primeiros capítulos a partir dos anos 2000. Também já no primeiro capítulo conhecemos os dramas dos núcleos principais e ficamos com vontade de acompanhar a novela. Aliás, novela, não. Novelão como as de antigamente!

Para mim, um ponto fraco é a abertura. Simples demais para a história. Se em “Insensato Coração” tínhamos uma estátua rodando que não dizia quanto à história agora temos uma mulher caminhando em uma sala de espelhos. Lembra um pouco as aberturas de “Brilhante” e “Top Model”. Vazia de conteúdo. Faço aqui uma ressalva: Aguinaldo reclamou durante muito tempo dos temas de aberturas das novelas atuais e acabou escolhendo um instrumental sem graça para a sua abertura. Zeca Pagodinho com um bom samba teria sido bem melhor.
No geral, “Fina Estampa” apresentou um primeiro capítulo exemplar, introduziu os núcleos e seus problemas. Não houve cena morta e nem barriga. O ibope pareceu corresponder já que a nova trama de Aguinaldo Silva deu picos de 44,4 pontos.
Se vai manter o índice e fazer sucesso, só o tempo dirá. Mas o fato é que, apesar de ainda ser cedo, posso dizer que Aguinaldo Silva, como em todos os seus trabalhos anteriores, não me decepcionou.

Gostaram da estreia?
Comentem!

28 comentários:

  1. Opinião muito exagerada."Novelão com as de antigamente" é de uma exaltação extrema.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a crítica! Realmente,não podemos dizer muita coisa só com o 1º capítulo de uma novela,mas quando se trata de trama escrita por Aguinaldo Silva,eu arrisco!Ele é tão criativo que consegue conduzir a história com Maestria!A novela começou com uma agilidade deliciosa,apresentando os personagens naturalmente.Já me senti à vontade com Griselda,Tereza cristina,Renê e cia. Gosto muito quando você diz,Willian,que,apesar de ser popular,o texto é sofisticadíssimo.Aguinaldo é mestre no quesito elegância! Resta-nos,agora,esperar os próximos capítulos de FINA ESTAMPA.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado, Handerley, que bom que gostou! :) E a você também, anônimo! Como o texto é totalmente opinativo - de coluna - acho válido eu escrever o que achei, no caso novelão, mesmo! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto e a rapidez com que foi escrito...rs!

    ResponderExcluir
  5. A opinião do dono do Melão é importante demais! Valeu, Vitor! :))

    ResponderExcluir
  6. Oi, Willian!

    Primeiramente, gostaria de te agradecer pelo carinho em sua postagem. Pela crítica bem feita, pois mesmo se fosse uma crítica destrutiva, ela sendo coerente, ela deveria ser feita. Mas não foi o caso de FINA ESTAMPA.

    Sem falsa modéstia, a novela arrasou. Um primeiro capítulo com fôlego, ágil, dinâmico, diálogos precisos. Elenco muito à vontade em seus personagens. Direção bem feita. Fotografia linda. Estamos num clima maravilhoso de trabalho!

    E isso vai se refletir durante os meses em que a novela ficará no ar!

    Obrigado e obrigado, sempre!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. É fácil perceber que esta crítica foi (apaixonadamente) escrita por alguém que entende e estuda o que realmente gosta.
    "Fina Estampa", mesmo analisada apenas por seu primeiro capítulo, parece mesmo balancear sofisticação e um sutil toque popular, elementos que, acredito eu, fazem parte de uma receita para o sucesso.
    Parabenizo o escritor do texto pela clareza e pela defesa de seus argumentos, com os quais concordo.

    Sucesso!
    Beijão, Dayane Wolff

    ResponderExcluir
  8. Concordo com seu texto!
    A novela é bem leve, divertida, e os personagens parecem estar bem próximos da nossa realidade!
    O Caio Castro está cada vez mais lindoooooooooooooo! rs Me perdoem a tietagem!!!

    Beijos e parabéns Willian!
    Sua opinião foi muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  9. Willian você estreou junto com a novela e não tenho dúvidas que ambos terão sucesso!
    Adorei Fina Estampa, uma novela que nem parece que estreou ontem, pois todos personagens já parecem íntimos!
    Aguinaldo Silva prometeu e cumpriu!
    Vamos aguardar os próximos capítulos!
    SUCESSO!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  10. Fala moço!

    Gostei tanto que postei lá no blog do Aguinaldo.
    Um abraço,

    GANSO

    ResponderExcluir
  11. Cara como você foi rápido ao postar sobre a novela, minutos depois seu texto já estava pronto.

    Parabéns adorei a forma que analisou o primeiro capítulo.

    Eu curti muito a novela, principalmente a vilã Teresa!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns, Willian. Texto opinativo, embasado por anos de pesquisa no tema. É só o começo de uma produção séria que virá no decorrer dos anos.

    Por acaso, bem por acaso mesmo, você sabe, vi uma cena da novela, ontem. Confesso que a história do filho que relega, nega, esconde a mãe e a origem me parece bem repetitiva. Porém, eu não sou especialista em novela, né?
    Um beijo.
    Sandra Nodari.

    ResponderExcluir
  13. Eu infelizmente gostei da novela (infelizmente pq dormirei mais tarde por isso).

    Aguinaldo estreou com classe, agora vamos ver o que a trama nos trará de novo, e concordo com o comentário acima, o filho que renega a mãe está meio na moda, principalmente porque tem essa mesma história em morde e assopra, mas talvez a gente se surpreenda, veremos.

    Beijos e prabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  14. EU não vi a estreia, pra mim é complicado já que faço faculdade à noite. Mas, normalmente, todas as novelas das 20h vem cheias de esperança. Acho que essa, pelos atores que fazem parte, pode sim ser uma explosão de audiência.

    ResponderExcluir
  15. Bela crítica :)
    Só não concordei na parte da abertura, ela ficou bacana sim... hehe

    ResponderExcluir
  16. Bacana essa crítica. Não sou dos grandes fãs de Aguinaldo, mas curti o primeiro capítulo, sobretudo a Lília Cabral... Espero que os outros atores encontrem o tom certo dos personagens, pq Fina Estampa tem tudo pra ser sucesso...

    Thiago Ribeiro

    ResponderExcluir
  17. Valeu, galera! Agradeço a todos de coração. Crítica é uma coisa muito pessoal, mas é bacana que vocês tenham curtido!
    Alguns estranharam a rapidez com que escrevi o texto, rsrsrs, é que faço jornalismo e meus professores são super rígidos com prazos! Aprendemos a trabalhar com tempo curto para a entrega de textos, hehe!
    Abraços a todos =)

    ResponderExcluir
  18. Adorei a crítica. Principalmente por você não se precipitar. Também achei a abertura xoxa e vamos combinar? Torloni de novo fazendo a rica fútil!?

    Uó!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Uma mistura de Laila ('Um anjo caiu do céu') e Melissa Cadore ('Caminho das Índias), né? Rsrsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Gostei da estréia de Fina Estampa, e nem vou fazer as minhas observações pois se assemelham às suas, Willian, muito bem feitas, por sinal.

    Parabéns por esse início já tão bem comentado e prestigiado no Blog... conhecendo o Fábio, sei da sua satisfação com os novos colaboradores, tais quais você!!!

    ResponderExcluir
  21. "Novelão"? "novela como antigamente"?

    Acho uma conclusão precipitada para apenas um primeiro capítulo que não apresentou nenhuma história consistente.

    Tomara que essa previsão se concretize!
    Vamos ver o que nos aguarda as próximas semanas.

    ResponderExcluir
  22. Sim, é cedo pra dizer isso, claro! Mas o jeito de apresentar o primeiro capítulo me lembrou as boas novelas de antigamente, por isso comentei. Valeu pelo comment, Nilson! É um prazer ter uma autoridade em teledramaturgia comentando meu texto!

    Isaac,
    Que bom que gostou!

    abraços ;))

    ResponderExcluir
  23. O Mago , Aguinaldo Silva, explode sem dó. Torço para que marque 35 pontos semanal, superando explodindo todas as antecessora. É só começo. São 221 capítulos. Nada consegue agradar a todos, mas precisa conquistar a maioria. E neste quesito #FinaEstampa domina.

    ResponderExcluir
  24. A abertura nao é mt boa mesmo, mas pelo o que eu entendi é como se fosse a passagem da Griselda, começa tudo com um vestido cinza(meio que imitando o macacão) a no final ela está maravilhosa num vestido vermelho e baphonico. Pelo o que eu fucei ela ganha na mega-sena( haha, contei) daí a mudança. Meio complexo, mas acho que é isso aí


    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Bressan,
    gostei muito do teu artigo. Não sou muito noveleira, e assisti o primeiro capítulo por acaso. Gostei. Quando vi a mesma fórmula "filho com vergonha da mãe" me decepcionei, mas logo que vi a reação da Girselda achei que pode haver, novamente, vida inteligente no mundo novelesco. As mesmas discussões, triângulos e histórias travestidas de novidade são cansativas. Tomar que seja um prenuncio de novelão, daquelas como Roque Santeiro...
    Espero não ter falado muita bobagem. :) beijo

    ResponderExcluir
  26. I would like to thnkx for your efforts you might have place in creating this website. I'm hoping the same high-grade web site publish from you in the upcoming as well. In fact your creative creating abilities has inspired me to acquire my own website now. Genuinely the running a blog is spreading its wings quickly. Your write up can be a great example of it.

    ResponderExcluir
  27. Hello dear!
    Welcome to O Cabide Fala! Always!
    But, we are curious! Who are you?
    Because you don´t say your name!
    Where are you from?

    Hugs!
    Fábio and Laís
    The owners!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...