quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

MÚSICA: Lana Del Rey - Alma de Afrodite com Olhos de Medusa


Por Bruno Oliveira


     Dia desses passeando pela Grécia (férias), mais especificamente em Atenas, vi uma multidão em torno de uma praça, todos estavam com a atenção voltada para uma jovem que segundo fontes teria caído do céu. Uns falavam: “Não se aproximem, pode ser perigoso, não olhem diretamente para ela, olha como está aquele senhor” apontando para um homem idoso paralisado com os olhos fixos naquela jovem deitada no chão e desacordada. Até que um jovem rapaz exclamou: “Parem com essa firula!...não há perigo nenhum, reparem...Que olhos! Que lábios..é o amor...é Afrodite!”.
     Confesso que fiquei estático quando olhei para ela pela primeira vez, mas de repente a atmosfera daquele ambiente se transformara em sonhos tão lindos que eu poderia amar uma criatura que acabei de conhecer. Coberta por rosas pelo corpo, uma pele branca, olhos que pouco a pouco iam se abrindo e hipnotizando cada um que a olhasse diretamente e cabelos que pareciam fios de seda,tão finos que o vento levava para longe alguns fios que reluziam ao encontro do sol...cabelos de ouro!.
     Após acordar, a jovem sorriu para multidão, mas continuou deitada esperando algum tipo de reação. E eu ali, parado, achando que a qualquer momento um par de asas surgiria das costas daquela criatura perfeita e logo seus pés fossem pairar sobre nossas cabeças. Mas a multidão insistia na discussão, uns tinham medo outros admiração. De onde viera? Qual era o seu nome? É ser humano ou o quê?
     Foi quando um raio de luz vindo de dentro do corpo... da alma dela, iluminou todos em volta, e de repente eu não conseguia enxergar mais nada, só uma claridade de doer os olhos. Até que me senti deitado no chão,ouvia barulhos de carros, vozes para todos os lados. Com muito esforço, abri os olhos e percebi que estava em um lugar coberto de prédios, avenidas e becos, estava em Nova York. Ao meu lado, minha amiga preocupada tentando me levantar. Foi quando com ajuda dela e de outros em volta, me levantei e perguntei o que tinha acontecido, mas antes que alguém pudesse responder, olhei para um cartaz e lá estava ela...a medusa..a Afrodite...estava lá e somente lá..LANA DEL REY!...Dos meus sonhos para a Realidade!

Um pouco de Lana Del Rey...

     Uma Cantora Americana de 25 anos, nascida em Nova York, a nova aposta do mercado da música! Com uma voz doce, timbres suaves, ela transforma belos versos em uma narrativa cheia de emoções. Esta mulher, um furacão em erupção esbanja além de uma voz perfeita, uma beleza de entontecer.
     Apesar das polêmicas que apontam Lana como um produto “fabricado” por seus produtores – a cantora assinava até então como “Lizzy Grant”, chegou a lançar CD e tudo,mas fracassou, até que de uma hora para outra mudou seu nome (Atriz Lana Turner e o Ford Del Rey, inspiração) e sua própria aparência. Definitivamente a parte relevante de Lana Del Rey é o seu potencial Artístico.
     Ora, Não estamos falando de uma cantora que se aperta em um colã fio-dental e desafina em cada verso, nem muito menos de uma cantora que se inspira em outra para chegar em algum lugar. Estamos falando de música, de potencial... da voz! Polêmicas sempre vão existir ao se falar desta cantora, até mesmo comparações – comparações erradas, na minha opinião, apontam ela como uma nova Adele. Mentira!...vale lembrar – Adele é Inglesa, Lana, Americana, ou seja, alvo fácil para observações erradas de alguns críticos.
Pois bem, a cantora já anunciou o seu disco de estréia-“Born To Die” –Assinando  Como Lana Del Rey é claro – para dia 30 de Janeiro no Reino Unido  enquanto o mundo vai conhecê-la definitivamente no dia seguinte, 31 de Janeiro. Apesar de que 28 milhões ou mais – número de visitas no youtube de suas músicas – Já  a conhecem.


Músicas

Born To Die

Vídeo Games 

 Blue Jeans


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...