sábado, 27 de outubro de 2012

O que terá acontecido a Nayara Glória?


Por Fábio Dias


Acontece na próxima semana o Satyrianas, festival de teatro na Praça Roosvelt em São Paulo. Esse ano, pra mim será mais especial, pois dois grandes amigos participam de uma das peças exibidas no evento. Trata-se de "O que terá acontecido a Nayara Glória?". Essa peça foi escrita por VITOR DE OLIVEIRA, (roteirista da Rede Globo e autor do blog Eu Prefiro Melão) com a colaboração de Carlos Fernando Barros  e Fellipe Carauta. Quem fica responsável pela direção é nada mais, nada menos que RODRIGO FERRAZ, grande parceiro-colunista e crítico teatral aqui d´O Cabide Fala. Eu curioso, querendo saber mais da história, pedi ao Vítor um pouco mais sobre o texto e ele gentilmente me cedeu. Só espero que o diretor da peça não fique bravo por divulgar os detalhes. Conheça mais sobre a peça abaixo:

Sinopse:
Esquete que satiriza os quadros que buscam por celebridades há algum tempo fora da mídia. Pelo viés do patético, a esquete põe frente a frente duas pessoas, cujas vidas são norteadas pela influência da mídia e pela eterna busca pela fama: a apresentadora e modelo Luli Fuentes e a atriz decadente Nayara Glória. Em momentos opostos na carreira: uma em ascensão e a outra decadente, no entanto, o desenrolar da trama vai revelar que as duas têm muito mais em comum do que pensam.
Gisa Gonçalves e Maria Rocha caracterizadas pra viverem Luli e Nayara

Personagens:

Luli Fuentes (Gisa Gonçalves) é a apresentadora do momento. Por volta dos 30 anos. Foi modelo internacional, mas só ganhou fama (e o programa que apresenta) depois de ter engravidado de um famoso jogador de futebol inglês. Totalmente tapada, sem noção, usa de seu sex-appeal para se manter no posto.

Nayara Glória (Maria Rocha) é a convidada da semana do quadro “O que terá acontecido” apresentado por Luli Fuentes. Atriz com relativo sucesso nos anos 70, quase ninguém se lembra dela. Por conta da notoriedade que ganhou com alguns papéis de boazuda em algumas pornochanchadas, ganhou um papel secundário numa novela no final dos anos 70, feito que ela conta vantagem até hoje e fala do papel como se tivesse sido a protagonista. 


Onde e quando?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...