quinta-feira, 9 de julho de 2015

ENTREVISTA EXCLUSIVA com Ciro Barcelos, ator e diretor de "Dzi Croquettes"

Por Fábio Dias e Rodrigo Ferraz


Dzi Croquettes é um grupo rotativo de atores/cantores/dançarinos que há mais de 40 anos transgridem, ousam e são referencia pra inúmeros artistas. Um dos poucos artistas que continuam no grupo é Ciro Barcelos. Ele que está em cartaz nesse fim de semana em São Paulo com Dzi Croquettes em Bandália nos concedeu a entrevista a seguir e nos conta muita coisa...


Fábio Dias: Por que o nome Dzi Croquettes? Qual o significado?
O nome Dzi Croquettes surgiu inspirado nos croquetes de carne, por serem saborosos como éramos na época (risos). Dzi é o som do pronome indefinido THIS em inglês. 

Rodrigo Ferraz: O Documentário apresentou vocês a novas gerações, como foi pra você isso? E a sensação de saber que ele estava sendo feito como foi?
O documentário foi a alavanca para essa nova montagem, através dele, do sucesso que alcançou e do quanto vem influenciando os jovens, foi que decidi encenar o Dzi 40 anos depois. Saber que estava sendo rodado foi muito emocionante para nós, que ansiávamos por esse registro de um trabalho täo importante como o Dzi Croquettes.

Rodrigo Ferraz: Os atuais membros dos Dzi tem uma vida próxima ao que teve as primeiras formações? Conte pra nós como era pra quem não sabe...
Não, os atuais são elenco, não são dzi croquettes como éramos na época, até porque a realidade hoje em dia é outra. Bem diferente, mas desempenham muito bem os seus papeis. Na época, morávamos juntos, acordávamos e dormíamos juntos inclusive. Eram outros tempos, anos 70, liberdade sexual, paz e amor, despertar da espiritualidade.


Fábio Dias: Lembro que estive na última vez que estiveram em São Paulo, que foi espetáculo cortesia, alguns olhavam meio torto para o espetáculo no inicio, no final, senti que se se renderam. Já sofreram preconceito em exibição? Conte alguma história.
O Dzi ainda é o mais irreverente, debochado e subversivo espetáculo que está por aí, por incrível que pareça, 40 anos depois as pessoas ainda se chocam com a beleza exposta nua e crua, direta e autêntica como a nossa. Vivemos numa sociedade hipócrita que ao invés de ser, finge que é.

Fábio Dias: Hoje depois de mais de 40 anos de formação, acha o país mais careta ou liberal?
Sim, o país encaterou consideravelmente, o que considero uma lástima porque fazemos parte de uma cultura louca, miscigenada, antropofágica… A cultura nacional foi oprimida pela cultura de massa que só visa lucros. E por isso acredito que banaliza e exclui o que temos de mais rico, genial e vanguarda, que é a nossa originalidade tropicalista, carnavalesca, atrevida, alegre e brejeira. Por isso, VIVA o teatro musical brasileiro!

Cena entre Bruno Gissoni e Ciro na peça Dzi Croquettes

Fábio Dias: Como surgiu a parceria e como é ter o Bruno Gissoni no elenco?  
Fazendo parte da bancada de jurados da Dança dos Famosos, quadro do programa Domingão do Faustão, no qual o Bruno estava participando. Dei um 10 para a apresentação dele e para minha surpresa ele me ligou no outro dia perguntando se teria vaga para ele, pois já conhecia um pouco da história do Dzi. Bruno é um ótimo ator, determinado e persistente, embora não tivesse nenhuma experiência com dança, trabalhou com afinco e conquistou o seu lugar no Dzi. Me admira a sua coragem.

Rodrigo Ferraz: Dzi Croquettes teve inúmeras formações, o que é preciso pra ser um Dzi?
Para ser um Dzi é preciso ter o que dizer, ter ideologia, coragem e garra. Sou muito severo na exigência ao trabalho, são horas e horas de exercícios físicos e cênicos.

Fábio Dias: Em Julho em apenas duas apresentações em São Paulo, algum projeto para fazer uma temporada maior depois de tanto sucesso na última?
Após 2 anos em cartaz com sucesso, estamos recém pegando a estrada do país e esperamos fazer uma temporada grande em São Paulo, mas isso depende de termos o patrocínio que ainda não conseguimos.

***

SOBRE O ESPETÁCULO
Dzi Croquettes, é um show-cabaret com números de dança, interpretação e canto com musicas antigas e atuais, de forma performática e  andrógina todos arrasam no palco e ver o galã Bruno Gissoni na trupe com a mesma empolgação que os outros atores é uma cereja no bolo.

SERVIÇO
Apresentações: 11 e 12 de julho (sábado e domingo)
Horário: 22h (sáb) e 20h (dom)
Teatro: HSBC Brasil - Rua Braganca Paulista, 1281 - Vila Cruzeiro, São Paulo/SP
Site: http://www.hsbcbrasil.com.br/
Ingressos: de R$25 (setor 2) a R$100 (setor VIP) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...