quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Curare, a cura de todo mal pela arte

Por Rodrigo Ferraz
 

Envolvidos por um coro masculino somos transportados para o ano de 2084, ironicamente quase 100 anos depois do fim da ditadura militar no Brasil, época que se passa Curare. Por mais que o coro seja masculino a peça é delas, de 5 atrizes potente, da direção e dramaturgia sempre inspirada de Paulo Faria, a peça faz você passear por vários cantos da Sede do Pessoal do Faroeste, e são tantos cenários que parece que você andou por várias casas, cada uma com sua concepção e hipnotizante como tal.

Se a Canabis somado ao poder feminino para peça é a salvação pra um mundo que sofreu um novo golpe, vemos qual seria a solução pros dias de hoje?? Qualquer metáfora com os dias de hoje não é mera coincidência! 


Paulo Faria é de uma criatividade ímpar, cada peça dele é diferente da outra, se você vai esperando ver Sabiá ou Luz Negra, você se surpreende pois o diretor mais uma vez está se reinventando. O elenco é uniforme, mas há destaques.

Thais Dias é de uma força descomunal em cena, sua Joana é mais que uma cientista é a figura motriz de força daquele grupo feminino. Leona Jhovs a cada trabalho que passa amadurece mais, sua Luzia emociona e nos faz ter risos, seu cenário soma-se muito a personagem, parece uma coisa só, em uma cena homenageia algumas marcantes artistas trans é de arrepiar. Cris Rocha, Cris Lozano. Carolina Nagayoshi e juntamente com o coro também estão muito bem com momentos realmente tocantes. 


O Pessoal do Faroeste é um grupo que resiste há quase 20 anos, região da Luz e em pleno momento que a prefeitura paulistana age de forma agressiva contra os dependentes químicos que vivem por lá perto, faz de peças na região algo obrigatório pra todos que gostam de arte, respeito e amor ao próximo... Não é à toa que como todas peças no grupo o valor é pague quanto quiser, facilitando a entrando de quem quiser!!

SERVIÇO: A Sede da cia do Pessoal do Faroeste fica na Rua do Triunfo 301 e as sessões são Sábado às 20h ou 22h30 e Domingo 19h. O ingresso como disse acima, é pague quanto quiser!

****

Sobre o autor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...