sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Jonas Bloch - Um múltiplo artista!


Por Fábio Dias

 

Jonas Bloch é um artista cuja carreira ficou marcada como uma das trajetórias mais diversificadas que um artista brasileiro poderia ter. Com 50 anos de carreira, formado também em Artes Visuais e em vários cursos de Teatro, foi professor de interpretação em Universidades, é ator, diretor e autor.

Em seu vasto curriculum, há uma enorme variedade de experiências, indo de Shakespeare a comédias de costumes, de filmes ambiciosos a novelas leves e musicais, sempre com o empenho de um artista apaixonado pela sua arte.

Entre seus trabalhos de Teatro incluem-se "Hamlet", "Sonhos de uma noite de Verão" (Shakespeare). No cinema teve uma atuação marcante em “Amarelo Manga” ao lado de Leona Cavali.

Com uma constante presença na televisão, participou de novelas e mini- series, como “Corpo Santo”, "Mulheres de areia", "A Viagem", na Record ganhou personagens bem diversificados nas novelas "Bicho do Mato", “Amor e Intrigas”,  “Bela a Feia” e atualmente brilha com o vilão Big Blond de “Máscaras”.  Conheça mais do ator no profile abaixo!


Nome: Jonas Bloch
Idade:
73 anos
Aniversário: 08 de fevereiro
Estado Civil: casado
Profissão: ator
Local de Nascimento: Rio de janeiro
Atualmente reside em: Barra da Tijuca
Trabalhos favoritos em que participou: Em Tv: Corpo Santo  e Santa Marta Fabril ( Tv Manchete ). Em Cinema: Paraíso Proibido e Amarelo Manga. Em Teatro: Franck V e Besame Mucho.
Com que autores gostaria de trabalhar? Shakespeare e Brecht.
TV, cinema ou teatro, qual sua preferência? O importante é que seja um bom trabalho, mas o Teatro é especial.
Programa atual na tv que acompanha: Big Bang Theory; Jornais e filmes.
O que não gosta em TV: Programas apelativos e baixarias.
Uma ou duas novelas da Rede Globo dos anos 70, 80, 90 e 2000:
Pai Herói; Saramandaia; Anos Dourados; Mulheres de Areia.
Uma novela para esquecer: Sem lenço e sem documento.

Amarelo Manga
Uma novela da Record: Bicho do Mato
Uma novela da Band: Perdidos de Amor
Uma novela do SBT: Os Ricos também choram.
Um autor: Gilberto Braga.
Um diretor: Luis Fernando Carvalho
Uma Atriz: Debora Bloch
Um Ator: A maioria dos atores brasileiros.
Uma grande revelação na teledramaturgia: As autoras de Cordel Encantado.
Uma cena inesquecível na televisão: As cenas de realismo mágico de Saramandaia e as criações de Luis Fernando Carvalho.
Um crítico (sobre TV): Patricia Kogut
Um filme: Amarelo Manga e Tropa de Elite 2
Uma peça de teatro: Hamlet

Em Mulheres de Areia

Um cantor (a): Caetano Veloso
Uma música: as de Mozart
Um livro: Cem anos de Solidão
Um restaurante: Claude Troisgros.
Prato favorito: comida caseira ou comida japonesa.
Uma revista: Época
Uma viagem: Portugal todo, Provence, Amsterdã.
Ícone na televisão: Gloria Pires
Um vício: não tenho.
Uma cidade: Rio, a cidade maravilhosa.
Eu amo: Minha família.
Eu odeio:
  Burocracia, racistas, políticos corruptos..
Momento Inesquecível em sua vida: O nascimento de minhas filhas e netos.
Um momento que não gostaria de viver novamente: Os anos de Ditadura.

Anos Loucos
Medo: De doença.
Vaidades: com o trabalho.
Marcas favoritas: Qualquer uma que vista bem.
Mania: desenho e escultura (sou formado em Artes Visuais)
Coleção: não tenho.
Ídolo: Minha mulher.
Religião: ateu
Política: Democracia, de esquerda.
Desejo e Sonhos: Ver minha família feliz, com saúde  e ter uma boa energia.
Jonas Bloch por Jonas Bloch: Um brasileiro apaixonado pela sua família e por seu país.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...