quarta-feira, 1 de maio de 2013

Com pinta de sucesso, Sangue Bom chegou chegando.


Por Rafael Barbosa


Sangue Bom estreou nesta segunda, 29/04, cercada de muita expectativa e com a missão de recuperar a audiência das 19 horas, derrubada pelo remake de Guerra dos sexos. Escrita por Maria Adelaide Amaral - em sua primeira trama original - e pelo jovem autor Vincent Villari, com direção de núcleo de Denis Carvalho, a novela causou uma boa impressão e promete ser uma agradável companhia nos próximos meses.

Como já era possível ver nas chamadas, Sangue Bom começou apresentando um forte apelo estético e encanta com um visual colorido, alegre e moderno. A trilha sonora é um show a parte, com hits nacionais e internacionais, se mostra totalmente em harmonia com o estilo da obra.


A trama gira em torno de seis jovens protagonistas, – Marco Pigossi, Sophie Charlotte, Fernanda Vasconcellos, Humberto Carrão, Jayme Matarazzo e Isabelle Drummond – que juntos viverão dramas, encontros e desencontros amorosos. Além disso, a trama pretende tratar sobre a questão do “ter” e o “ser” e com isso fazer uma crítica ao consumismo e a sede de fama de pessoas que querem estar na mídia a qualquer custo. Que é o caso da atriz decadente Bárbara Ellen vivida por Giulia Gam, que desde já promete roubar a cena com ótimas tiradas. E ainda há aqueles que se tornam celebridades sem o mínimo de talento a oferecer, que é o caso de Brunetty (Ellen Roche), ou melhor, a mulher Mangaba. 

A trama começou com um ritmo ágil e dinâmico, uma das maiores exigências do público hoje. A história e seus personagens foram apresentados sem nenhuma enrolação. Os diálogos são firmes e afiados. A direção se mostra correta e o elenco é primoroso. Os personagens, - peça mais importante de qualquer narrativa – parecem consistentes e cheios de possibilidades.  O interesse em agradar a Classe C fica explícito no texto, e esta está bem representada na história pelos moradores do subúrbio paulistano.  


Sangue Bom conseguiu movimentar as redes sociais e ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter em sua estréia. Já no quesito audiência, a novela marcou 28 pontos no primeiro capítulo, empatando com sua antecessora, dividindo o posto de pior audiência de estréia no horário. Em seu segundo dia de exibição, segundo dados prévios do ibope, marcou apenas 23 pontos. Porém, de acordo com o que fora apresentado, a trama tem tudo para elevar os índices nos próximos capítulos, tal como Flor do Caribe que recebeu o horário das 18 horas em baixa, mas conseguiu reverter à situação e marcar uma boa audiência.

Enfim, embora não tenha aquele charme todo do último sucesso do horário, Cheias de Charme, que arrebatou o público, Sangue Bom vem causando uma boa impressão, chegou chegando com cara de sucesso e parece reunir os ingredientes necessários para agradar, nos convidando a continuar acompanhando a história. Resta saber se os autores conseguirão manter essa impressão positiva, e prender a atenção do publico no decorrer dos capítulos. Potencial para emplacar mais um sucesso no horário, isso Sangue Bom tem de sobra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e presença! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...